4 hábitos motivadores para estudar!

Uma vez assistindo Chaves (sim, sou velho kkkkk) vi o episódio que o Seu Madruga diz a seguinte afirmação: "- O trabalho não é ruim. Ruim, é ter que trabalhar!".

Achei muito curioso e tentei imaginar uma adaptação voltada para os estudos do tipo: "O estudo não é ruim, mas ruim é ter que estudar!"

Por que as vezes é tão difícil estudar? Fala comigo, já aconteceu de você separar um dia para estudar uma matéria que gosta, e nesse dia tudo deu errado? Você não teve motivação, o vizinho começou uma obra barulhenta, seu cachorro enfiou a cabeça no vaso sanitário, seus familiares pedindo mil e um favores... 

Quem nunca passou por isso não é? kkkkkk

Não podemos fazer nada em relação as pessoas ou as situações externas, pois ninguém é capaz de mudar uma pessoa. Podemos apenas influenciar e motivar comportamentos e atitudes.

Pensando nisso, selecionei 4 hábitos motivadores para estudar que irão te ajudar na sua rotina. Lembre-se que um hábito demora cerca de 3 a 6 meses para ser incorporado no seu dia a dia, sendo assim, não fique chateado(a) caso leve um tempo para você se adaptar.

Hábito 01: Defina a sua Ideia Central Permanente (ICP)

Sem uma meta, um objetivo, tipo um sonho, ou algo que te impulsione, será impossível criar hábitos e rotinas. Thiago Brunet diz que a ICP (Ideia Central Permanente) é o pilar da sua motivação, é ela que fará você acordar todos os dias e ter força e garra para lutar com as adversidades e ver oportunidades nas intempéries e problemas que aparecerão. 

Blz Antonio, mas como faço para determinar a minha ICP?

Essa pergunta foi um verdadeiro desafio e levei cerca de 3 dias pensando nisso até chegar em uma ICP verdadeira. A princípio, todos nós pensamos em algo que nos falta. 
  • Dinheiro
  • Carro
  • Independência financeira
  • Comprar uma casa
Pois é, nenhum desses itens é uma ICP! 

Necessidades são mensuráveis, ou seja, se te falta um carro, por exemplo, ao ter esse item, o seu problema acaba. Porém a ICP é PERMANENTE, é algo que você levará por toda a vida.

A minha ICP é capacitar alunos graduandos e formados para serem os melhores profissionais  atuantes no ramo de engenharia e rotinas empresariais. Para chegar a essa ideia, precisei primeiro saber exatamente quem eu sou. Um filósofo grego chamado Sócrates disse a seguinte frase atemporal: "Conheça a ti mesmo." 

Então, quem é você? Eu? Eu sou um engenheiro professor!

Sim, precisamos saber exatamente quem somos para poder desenvolver a ICP. Pense em qual é o seu propósito, o que te faz pulsar, o que você faz de forma única? 

Hábito 02: Pesquise regularmente sobre a sua área de formação

Uma vez, o professor de geografia Kidian Medeiros em uma conversa casual disse:"-Antonio, quando a gente termina a faculdade, se sente muito burro!". Na época, é obvio que eu ri como se não houvesse amanhã em um apocalipse zumbi. Mas hoje, entendo o que ele sabiamente traduziu em uma linguagem popular:

Se você parar de acompanhar a sua área, vai parar no tempo e se desmotivar!

Pouco depois o Kidian entrou para um programa de pós graduação. Mas e você filhão ou filhona? Tem pesquisado sobre a sua área de formação? Sabe quais são as novidades ou as tendências de mercado? Não???? Humm... é provável então que seja esse um dos motivos de você estar desanimado.

Saber o que anda acontecendo na sua profissão faz com que seu ânimo aumente, desperta o interesse em estar logo formado e afasta as distrações e desânimos que nos atacam (principalmente nos períodos Finais da faculdade!).

Hábito 03: Crie um planejamento funcional (Rotina)

Um grupo de profissionais de Programação Neurolinguística (PNL) diz que uma informação associada a um hábito ou a uma propaganda precisa ser repetida de 7 a 9 vezes para que a pessoa possa incorporar no subconsciente. Isso acontece porque em geral, não somos dispostos a prestar atenção e a guardar informações no nosso córtex.

Por que estou falando isso? Porque em quase todo Post desse Blog que fala sobre gestão de tempo ou de carreira profissional terá alguma referência ou mensagem falando sobre rotina.

Em média, todo o ser humano quando acorda faz três coisas:

1- Vai ao banheiro fazer necessidades.
2- Faz o café da manhã.
3- Escova os dentes.

Essa rotina de atividades que você faz todos os dias quando acorda, sendo essas três acima ou não, fazem parte de um trabalho árduo que seus pais, seus familiares ou a vida te ensinou. Isso não aconteceu do dia pra noite. Sendo assim, como então você deseja criar um hábito, fazer um rotina ou desenvolver resiliência da noite para o dia?

Sempre falo com nossos alunos do Grupo Antonio Medeiros, crie uma rotina de estudos e viva essa rotina pelo menos por 4 a 6 meses, de forma intensa e assídua! O seu compromisso com sua rotina de estudos deve ser mais importante do que qualquer distração, amigos, festas ou qualquer outra atividade que possa te atrapalhar.

Planeje suas metas de curto, médio e longo prazo. Quais matérias estudar, quais dias, quais os períodos de descanso, quais recompensas te motivam? No meu caso, comida é uma recompensa muito motivadora!!! kkkkkkkkkkkkkk

Hábito 04: Crie uma Network de empresas e profissionais.

Jovem... preste atenção nesse hábito pois talvez você esteja fazendo uma network de forma errada. Por definição, Network é uma rede de contatos para situações de trabalho. Há muitas formas de se construir uma, desde o ambiente acadêmico até em redes sociais como o Linkedin. Porém, adicionar pessoas e número de contatos não compõe uma rede ativa. Colegas de profissão, amigos e familiares não são eficientes para que seja possível conseguir um emprego.

Uma rede de contatos deve ser feita levando em conta três aspectos:

1- Empresas: Adicione e siga empresas do seu interesse em redes sociais ou nos portais de comunicação que ela possuem. Dessa forma você saberá assim que a oportunidade de trabalho aparecer.


2- Profissionais empregadores: Procure profissionais que estejam em uma Staff maior que a sua (profissionais que estejam em um cargo maior) ou que possuem cargos onde sejam responsáveis pelas contratações (Headhunter). 

3- Leads: Possíveis compradores do seu produto ou serviço. 

Uma Network ativa estimula muito a vontade de estudar, pois você se sentirá inserido no ambiente profissional e poderá dispor de oportunidades de estágio ou até mesmo um emprego para quando estiver formado.

E ai, fala comigo, qual hábito você achou mais interessante? Qual hábito será o mais difícil de desenvolver?

Agradeço a você que chegou até o final desse post, muito obrigado pela audiência!!!

Por Antonio Medeiros

Postar um comentário

0 Comentários